Git
Português (Brasil) ▾ Topics ▾ Latest version ▾ git-http-push last updated in 2.33.1

NOME

git-http-push - Impulsiona os objetos por HTTP/DAV para um outro repositório

RESUMO

git http-push [--all] [--dry-run] [--force] [--verbose] <url> <ref> [<ref>…​]

DESCRIÇÃO

Envia os objetos ausentes para o repositório remoto e atualiza a ramificação remota.

OBSERVAÇÃO: Este comando está temporariamente desativado caso o seu libcurl seja anterior a versão 7,16, pois a combinação foi relatada para não funcionar e às vezes corrompe o repositório.

OPÇÕES

--all

Não assuma que o repositório remoto esteja completo na sua condição atual e verifique se todos os objetos em todo o histórico da referência local existem no repositório remoto.

--force

Usually, the command refuses to update a remote ref that is not an ancestor of the local ref used to overwrite it. Esta flag desativa esta verificação. What this means is that the remote repository can lose commits; use it with care.

--dry-run

Faça tudo, exceto realmente enviar as atualizações.

--verbose

Relate a lista dos objetos sendo percorridos localmente e a lista dos objetos enviados com sucesso para o repositório remoto.

-d
-D

Remova a <ref> do repositório remoto. O ramo especificado não pode ser o HEAD remoto. Caso o -d seja utilizado, as outras condições a seguir também deverão ser atendidas:

  • O HEAD remoto deve resolver para um objeto que exista localmente

  • O ramo informado resolve para um objeto que exista localmente

  • O ramo especificado é um ancestral do HEAD remoto

<ref>…​

O ramo remoto refs que serão atualizados.

ESPECIFICANDO AS REFS

Uma especificação <ref> pode ser um padrão único ou um par desses padrões separados por dois pontos ":" (significa que um nome "ref" não pode conter dois pontos). Um único padrão <nome> é apenas uma abreviação para <nome>:<nome>.

Cada par de padrões consiste no lado da origem (antes dos dois pontos) e no lado do destino (depois dos dois pontos). O "ref" a ser impulsionado é determinado ao localizar uma coincidência que corresponda com a origem, a localização da origem é determinada utilizando o lado do destino.

  • É um erro caso <src> não corresponda exatamente a um dos refs locais.

  • Caso <dst> não corresponda a nenhum ref remoto

    • é preciso iniciar com "refs/"; o <dst> é utilizado literalmente como destino neste caso.

    • <src> == <dst> e a referência que coincida com <src> não devem existir no conjunto de refs remotas; o "ref" que coincida com o <src> localmente é utilizado como o nome do destino.

Sem --force, a fonte do <src> "ref" é armazenado no ramo remoto apenas caso o destino <dst> não exista ou o destino <dst> seja um subconjunto apropriado (ou seja, um ancestral) da origem <src>. Esta verificação, conhecida como "verificação de avanço rápido", é realizada para evitar sobrescrever acidentalmente a "ref" remota e perder os commits de outras pessoas a partir daí.

Com --force, a verificação do avanço rápido é desativado para todas as refs.

Opcionalmente, um parâmetro <ref> pode ser prefixado com um sinal de mais + para desativar a verificação de avanço rápido apenas nessa "ref".

GIT

Parte do conjunto git[1]